Resultado positivo: indicação para a radioterapia

O tratamento radioterápico utiliza-se de radiação na busca da eliminação das células tumorais. A radioterapia foca de uma forma precisa e concentrada na área de interesse.

A periodicidade do tratamento é de segunda a sexta-feira, por cerca de 15 a 30 minutos no aparelho. A quantidade de sessões varia de acordo com o paciente. Existem vários protocolos, dependendo da cirurgia escolhida e do estadiamento da doença.

Durante o tratamento é preciso evitar exposições ao sol.

Entre os efeitos colaterais da radioterapia, estão os efeitos inflamatórios na pele, a fadiga e a inflamação pulmonar. Existem algumas medidas para evitar a radiodermite e seu médico informará durante o tratamento.

Em geral, de seis em seis meses você precisará retornar em consulta médica para acompanhamento e realização de exames de imagens e laboratoriais.

80% das pacientes que fazem a radioterapia, deverão iniciar a hormonioterapia, com administração de droga via oral.

 Fontes:
Dr. Tiago Kenji – diretor técnico da Oncologia do Hospital Santa Paula
Dr. André Perina – coordenador da equipe de cirurgia oncológica e mastologia do Hospital Santa Paula