Hospital Santa Paula lança espaço virtual para ideias inovadoras voltadas para a área hospitalar

Cada vez mais apostando em soluções tecnológicas para aprimorar processos e a experiência dos pacientes, o Hospital Santa Paula, centro de excelência em saúde da zona sul da capital paulista, em parceria com a Oracle, acaba de lançar o HSPinovalab.

A plataforma, que vai funcionar como um canal virtual para o desenvolvimento de novos produtos e ideias, tem como objetivo buscar novidades dentro e fora do setor de Saúde para a área hospitalar, bem como otimizar processos e incentivar a redução de custos.

A iniciativa faz parte do planejamento estratégico do Hospital Santa Paula, que será executado até 2023.

Realizado no Oracle Innovation Lab, espaço que serve de palco para o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores, na zona oeste de São Paulo, o evento foi aberto pelo diretor sênior da Oracle, Ricardo Buffon, e contou com a palestra do especialista em criatividade e inovação, Gil Giardelli.

Além disso, os convidados tiveram a oportunidade de participar de dinâmicas para estimular o lado criativo e a disrupção de conceitos.

Idealizado pela liderança de três diferentes áreas do hospital: a economista e gerente de Negócios Estratégicos, Paula Gallo, o especialista em TI e gerente de Tecnologia da Informação, Alexandre Dias e o gerente de Engenharia, Walmor Brambilla, o HSPinovalab permeará os processos e será uma espécie de funil para o desenvolvimento de novas ideias e produtos. “Nós unimos esforços para tornar realidade o projeto que vai prototipar as sugestões recebidas e promover a execução dos itens elegíveis”, explica Alexandre Dias.

Por meio do canal virtual, médicos, colaboradores e terceirizados poderão apresentar suas ideias e produtos 24 horas por dia, sete dias por semana. Para submeter suas ideias, os usuários contarão com a ajuda de um chatbot, batizado de Ventura. O assistente virtual vai interagir com os interessados no momento da inscrição, além de esclarecer as principais dúvidas sobre o projeto.

Os itens apresentados serão separados por área, tipo e valor de investimento. Um comitê composto por profissionais de diversos setores avaliará os projetos e escolherá aqueles que serão prototipados. Serão elegíveis pelo comitê do projeto as soluções que apresentarem ganhos para o Hospital Santa Paula, seja de redução de custo ou de tempo, desde que não haja perda de qualidade. “Os itens imputados/apresentados no HSPinovalab vão ter que demonstrar o cálculo que representa o tempo que levará para o que foi proposto “se pagar” (payback), além do valor a ser investido”, afirma Paula Gallo.

Toda a tecnologia aplicada na plataforma para a captação e gestão de controle das ideias foram desenvolvidas pela Oracle. “Além das metodologias de co-criação, a rápida prototipação de idéias é realizada com uso de tecnologias de fácil implementação, em nuvem, com recursos emergentes de IA para viablizar a validação da inovação para o Hospital Santa Paula”, relata Marco Righetti, Diretor de Tecnologia e Inovação da Oracle.

De acordo com Walmor Brambilla, a Oracle é uma companhia de vanguarda, mesmo conceito que disseminado no Hospital Santa Paula. “O HSPinovalab é mais um passo nessa direção, será uma espécie de catalizador de inovação. Queremos poder avaliar produtos e ideias que façam a diferença para nossos funcionários, parceiros e, especialmente para os nossos pacientes”, ressalta Brambilla.

A partir do segundo semestre deste ano, a plataforma também estará aberta para estudantes de Medicina e pessoas de outras empresas ligadas à área de saúde.

O cálculo para os prêmios dos projetos selecionados por meio do comitê da plataforma HSPinovalab será feito com base no payback demonstrado, tempo de retorno, e valor a ser investido. As premiações variam entre R$ 1 mil e R$ 100 mil, e serão divididas em bolsa de estudos, viagem ou valor monetário.

Paula Gallo, gerente de Negócios Estratégicos, Alexandre Dias gerente de Tecnologia da Informação,  e Walmor Brambilla gerente de Engenharia do Hospital Santa Paula.