História

Palavra do Diretor-Presidente

O Hospital Santa Paula foi fundado em 1958 como Pronto-Socorro Santa Paula, atendendo principalmente pacientes do Inamps até 1987, tem hoje uma área física de 15 mil m². Conta com 200 leitos, 9 salas de cirurgia, 50 leitos de terapia intensiva. Seu complexo hospitalar é considerado um centro de excelência na Zona Sul da cidade de São Paulo, chegando a atender cerca de 100.000 pacientes por ano em seu Pronto Atendimento e realizar cerca de 7500 cirurgias por ano. Sua gestão arrojada treina e emprega mais de 900 colaboradores diretos, 300 terceirizados, além de contar com um corpo clínico competente.

Inovação e atendimento humanizado são objetivos que perseguimos todos os dias. O Santa Paula é um hospital que coloca, acima de tudo, o atendimento eficaz e humanizado aos seus pacientes e acompanhantes como missão institucional.

George Schahin, Diretor-Presidente


História

O Hospital Santa Paula é reconhecido por suas modernas instalações, pelo investimento constante em tecnologia de ponta e atendimento humanizado, constituindo um complexo hospitalar referenciado no pronto-atendimento e em tratamentos de alta complexidade nas áreas de cardiologia, oncologia e neurocirurgia.


O Hospital Santa Paula dispõe de 5 suítes, 91 apartamentos privativos, 52 leitos de enfermaria, 32 na Unidade de Terapia Intensiva, 9 na Unidade Coronariana e 9 na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica, totalizando 200 leitos concebidos para proporcionar atendimento completo e de alto nível numa área de 14.000m2, com instalações modernas que incorporam recursos tecnológicos os mais avançados.

1958 – Fundado dia 15 de setembro, o então chamado Pronto-socorro Santa Paula, localizava-se em um pequeno imóvel da avenida Santo Amaro.

1970 a 1979 – Aquisição do terreno e construção das instalações do Bloco A. Nesta década, o controle acionário mudou várias vezes.

1980 – Estabelecido um novo controle acionário, que remanesceu sem alterações até outubro de 2005. Nesta época, o nosso principal cliente era o INAMPS – Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social.

1983 – Implantação de serviços de cirurgia cardíaca e hemodinâmica, que chegou a realizar uma média de 80 cirurgias extra corpóreas por mês.

1987 – Desligamento do INAMPS e esforço na busca de novos clientes, convênios e planos de saúde.

1988 – Compra do primeiro equipamento de tomografia computadorizada.

1990 – Compra de terreno na avenida Santo Amaro.

1992 – Início das obras de ampliação do complexo hospitalar Santa Paula com a construção do Bloco B, inaugurado em abril de 1993.

1996 – Começam fortes investimentos na área de Neurocirurgia, seguido pela compra do equipamento Gamma Knife, sofisticado equipamento de radiocirurgia, único na América Latina.

1998 – Começo das operações com o equipamento Gamma Knife e instalação de um novo tomógrafo Helicoidal e de Ressonância Magnética.

1999 – Compra de mais dois terrenos vizinhos ao Hospital na rua Cabo Verde e início de mais uma obra de ampliação, desta vez, a construção do Bloco C, que começou a operar em meados de 2001, altamente conceituado por sua humanização, alta tecnologia e moderno Centro Cirúrgico.

2002 – Construção e inauguração do IOHSP – Instituto de Oncologia do Hospital Santa Paula para atendimento diferenciado e completo ao paciente oncológico nas áreas cirúrgica e quimioterápica. O IOHSP recebe implementação na área de radioterapia, que deve operar em meados de 2009.

2005 – Em outubro de 2005, um grupo de acionistas vende suas ações para ESHO empresa coligada ao grupo Amil.

2006 – Reforma da UCO – Unidade Coronariana, da UTI – A, da UTI – B e implantação da UTI – C, baseado nos conceitos modernos de humanização para o tratamento do paciente grave.

2007 – O Hospital Santa Paula investe R$ 2 milhões para a construção de uma nova ala de internação com um conceito estético baseado em hotéis boutique que une sofisticação à alta tecnologia em hotelaria.

2008 – Reforma da Ala C do Hospital, dando continuidade aos investimentos de 2007, introduzindo um novo conceito de hotelaria hospitalar, com apartamentos sofisticados e a utilização de um sistema de gerenciamento integrado com prontuário eletrônico.

O projeto inovador será aplicado ao longo dos anos a todo o complexo hospitalar, segundo o compromisso do Hospital Santa Paula de oferecer aos seus pacientes o que há de melhor, unindo tecnologia avançada, instalações modernas e calor humano. Você é a nossa razão de existir.

2009 – Conquista do Nível 3 em Excelência da ONA, que ratifica a alta qualidade dos serviços hospitalares, e a inauguração da Unidade Neuro Integrada, serviço singular de Neurologia em São Paulo que dispensa cuidados intensivos aos pacientes neurológicos de alta complexidade, com 9 leitos de UTI, equipe multidisciplinar especializada, além da Radiocirurgia Neurológica.

2010 – Reforma das enfermarias e ampliação do Pronto Atendimento, ocupando uma área de 680 m2. Também neste ano, o Santa Paula conquistou a Acreditação Canadense, tornando-se um dos poucos hospitais do pais a contar com esta certificação internacional. No final de 2010, o Hospital inaugurou o PET CT, equipamento de última geração no diagnóstico de tumores, um dos primeiros em São Paulo.