Grupo de Dor

Tratamento da Dor

O tratamento da dor começou a ganhar destaque a partir das iniciativas do Professor John Bonica por volta da década de 70, nos EUA. O Prof. Bonica foi um defensor, promotor e pesquisador que permitiu que o tema dor fosse elevado à categoria de especialidade da área médica. No Hospital Santa Paula, o tratamento da dor iniciou-se em 1987, por iniciativa do Dr Lauro Y. Marubayashi, que pioneiramente introduziu a utilização das bombas de analgesia controlada pelo paciente em nossa prática anestésica.

Atividades Clínicas

Realizamos nossos atendimentos em parceria com outras equipes clínicas e cirúrgicas do hospital. Nosso atendimento é individualizado e adaptado às necessidades e condições clínicas de cada paciente. Utilizamos recursos como os dispositivos de analgesia controlada pelo paciente ou PCA (patient controlled analgesia, do inglês) que são equipamentos dotados de microprocessadores e que, através do acionamento de um disparador manual, permitem ao paciente se auto-administrar sua medicação analgésica de forma rápida, eficaz e individualizada.

Além disso, realizamos infiltrações de nervos, músculos ou articulações com auxílio de ultrassonografia com o objetivo de anestesiar e administrar medicamentos analgésicos em determinadas regiões do corpo como no caso de extremidades superiores e inferiores, entre outros.

O Grupo

O grupo de dor é grupo de atendimento interprofissional formado por médicos e enfermeiras que têm como objetivo atender a pacientes com dores após procedimentos cirúrgicos e pacientes com condições que provocam dores crônicas com tempo de evolução superior a três meses, tais como dores lombares (ciática), cefaleias, dores osteomusculares (artrites e artroses), dores provocadas pelo câncer, dores provocadas por doenças inflamatórias e neurológicas (neuropatia diabética, herpética, do HIV). Nosso objetivo é promover o alívio da dor dentro de um modelo biopsicossocial que valoriza a integração de fatores emocionais e da vida de relação dos nossos pacientes, com o intuito de promover.

Atualmente, a Algologia, como é conhecida a especialidade que se ocupa do estudo e tratamento da dor, é uma sub especialidade médica reconhecida pela Associação Médica Brasileira que outorga o Título de Área de Atuação em Dor após aprovação em provas de conhecimentos específicos

O tratamento da dor é realizado por especialistas que adotam um modelo biopsicossocial para controle dos sintomas dolorosos de curto ou longo prazo.