Dicas de saúde um ano mais saudável

O Hospital Santa Paula separou algumas dicas para começar o ano com uma vida mais saudável.

  • Faça uma avaliação física com um médico do esporte

A dica vale tanto para quem é sedentária e pretende adotar atividades físicas quanto para quem já tem uma rotina esportiva; a intenção dessa avaliação física pode ser tanto determinar em que ritmo você deve começar quanto verificar como foi seu progresso nos últimos tempos.
Depois que tiver os resultados da avaliação, busque um treinador qualificado ou uma boa academia, coloque objetivos em seus treinos (fica mais fácil treinar tendo uma meta) e se dê o prazo de janeiro de 2019 para começar para valer. E já coloque na cabeça que a regularidade será importante: é melhor caminhar meia hora todo dia do que duas horas no sábado e duas no domingo e passar o restante da semana sem fazer nada.

  • Faça um check-up ginecológico

Aproveite para passar por uma consulta com ginecologista e pedir para fazer todos os exames necessários para verificar se a saúde está em ordem nesse sentido. Ele deverá pedir uma sintlogia oncótica (o Papanicolau ou preventivo, que pesquisa o câncer de colo uterino), uma mamografia (para verificar se há nódulos que indiquem câncer de mama), uma ultrassonografia das mamas (exame que analisa o tecido mamário em busca de lesões e nódulos), uma colposcopia (para detectar lesões na vagina ou colo do útero), um ultrassom transvaginal (para rastrear biomas e patologias ovarianas, como cistos), um exame de sangue (para avaliar colesterol e triglicerídeos) e uma avaliação hormonal.

  • Escolha um novo curso para fazer em 2019

Sociabilizar é importante para a saúde mental e para envelhecer bem – e, por mais jovens que sejamos hoje, todos vamos envelhecer e nunca é cedo demais para pensar nisso. Além disso, amigos e aprendizados interferem diretamente na longevidade. Por isso, fazer cursos e conhecer gente nova ou estreitar laços com velhos amigos é bem importante. Pode ser uma série de workshops, uma pós-graduação, um curso que não tenha nada a ver com o seu trabalho, para adquirir novos conhecimentos ou espairecer. O importante é não se isolar. Escolha o seu e já vá atrás da matrícula.

  • Passe por uma consulta com um/a endocrinologista

Não é só a parte ginecológica que merece nossa atenção: é importante, pelo menos uma vez por ano, passar por um check-up endocrinológico. O médico deverá pedir os seguintes exames: glicemia em jejum, insulina, colesterol total, tireóide TSH, tireóide T4 livre, TGO, TGP e ultrassom de tireóide.

  • Adote mudanças na alimentação

Algumas dicas para começar a reeducação alimentar: use no máximo uma colher (chá) de sal para toda a alimentação diária (e não acrescente sal ao alimento depois de pronto), diminua o consumo de açúcar e refrigerantes, evite bebidas alcoólicas, evite os alimentos industrializados e dê preferência a frutas, grãos, sementes e verduras frescas. As mudanças à mesa vão melhorar sua qualidade de vida e afastar os riscos de diabetes e hipertensão.
O importante é que, com estes hábitos, você estará em um processo de limpeza do organismo e até a recuperação desses pés na jaca de fim do ano será melhor.

  • Troque o colchão e o travesseiro e garanta noites de sono melhores

Noites mal dormidas pioram o humor, a concentração, o aprendizado e a memória, causam estresse e ansiedade e podem levar a problemas cardiovasculares, pulmonares e gastrointestinais em longo prazo. O ideal para ter um sono reparador é dormir pelo menos oito horas por noite, usar roupas confortáveis quando for para a cama e deitar em colchão e travesseiro confortáveis e ergonômicos. Seus dias serão melhores e sua saúde agradecerá.

  • Faça uma lista com as suas gratidões de 2018

Mesmo que seu ano tenha sido difícil, alguma coisa boa deve ter acontecido nestes mais de 360 dias. Coloque no papel (ou no arquivo de computador) uma lista com tudo que merece gratidão que tenha acontecido em 2018. Focar no lado positivo ajuda a manter o alto astral para o 2019 que está por vir.

Foto: Freepik
Fonte: Equipe do Hospital Santa Paula: Dr. Fabiano Cunha, ortopedista, João Roberto Sala Domingues, neurologista, Livia Faccine, endocrinologista, Maristela Soubihe, geriatra, e Portal LeBlog