Cuidar da saúde, mantendo o cérebro e o corpo ativos, para manter a mente sã ao chegar na terceira idade

Manter a mente sã até o fim da vida tem se tornado uma prioridade para pessoas de todos os lugares e idades. E, embora isso possa parecer difícil num primeiro momento – afinal, existem diversos fatores que influenciam essa questão, desde a genética até o ambiente à sua volta -, não é nada impossível.

Foi por isso que o iG Saúde conversou com Carla Gutschov, fisioterapeuta no Hospital Santa Paula com pós-graduação em gerontologia pela Unifesp e especialização em oncologia pelo Hospital Albert Einstein, para trazer algumas dicas de como manter a sua mente sã até a terceira idade.

O segredo, segundo Carla, é começar cedo. Ela lembra que tudo o que você faz na juventude tem um grande impacto sobre o futuro da sua saúde mental, desde os exercícios até a alimentação. “Nossa cabeça necessita ser ativa sempre, com diferentes estímulos”, alerta.

Outras coisas também terão um impacto sobre seu cérebro conforme você for ficando mais velho. Para ela, também é essencial investir em consultas de rotina, acreditando sempre que corpo e mente andam de mãos dadas.
5 dicas para ter uma mente sã na terceira idade
Dito isso, é hora de conhecer as chaves que a especialista indicou para manter a mente sã ao longo da vida no infográfico abaixo.

Diagnosticando as ameaças à sua saúde mental
Mas como saber se você está desenvolvendo alguma destas ameaças à saúde mental? Segundo Carla, existem alguns sinais que indicam que está na hora de procurar ajuda médica.

1. Transtorno de humor
2. Ansiedade
3. Tristeza
4. Insônia
5. Mudanças de comportamento
6. Mudanças alimentares súbitas

“O fundamental é procurar ajuda com a equipe médica e multiprofissional. A equipe estará preparada para abordar estratégias fundamentais com medicações, terapias e alimentação, formando uma rede de apoio”, afirma a fisioterapeuta.

Então não deixe que sua prevenção contra essas doenças fique restrita ao dia do idoso e muito menos para a última hora, quando a prevenção já não for mais uma alternativa.

Procure colocar uma mente sã como prioridade na sua rotina. Seguindo as dicas da especialista e procurando ajuda médica sempre que tiver alguma dúvida ou suspeitar de algo, você estará no caminho certo para evitar problemas na terceira idade – ou melhorar o tratamento caso já tenha sido diagnosticado com algum transtorno.

Fonte: Carla Gutschov, fisioterapeuta no Santa Paula, e portal iG Saúde
Link: https://saude.ig.com.br/2019-10-01/como-treinar-o-cerebro-para-ter-a-mente-sa-na-terceira-idade.html